Sobre o Carnaval.

Para o Carnaval, destaco o texto impecável do @gduvivier. (Não está na íntegra, cortei partes). Eu não teria conseguido escrever melhor.

“Uma boa notícia pra você que odeia o Carnaval: você pode continuar odiando o Carnaval. O Carnaval agradece. Já tem gente demais participando. Uma má notícia pra você que odeia o Carnaval: essa batalha está perdida, senhor Grinch.

O motivo é simples: o Carnaval chegou aqui antes de você. Primeiro veio o Carnaval. Em volta dele nasceu a cidade, e o circo, os teatros, os cinemas, tudo isso pras pessoas não se entediarem enquanto o Carnaval não chega. Quanto menos caixas de som, melhor o som. Quanto mais velho o bairro, melhor o bloco. Quanto mais homens com camisa de time de futebol e chapéus de marcas de cerveja, pior o bloco -a não ser que você tenha esse fetiche específico.
Acorde cedo. Durma cedo. Não sem antes dar um mergulho na praia. Você não vai ter fome. Mas coma. Pra sobreviver. De preferência em pé. Não leve dinheiro demais. Não leve documento nenhum. Não leve nada que não seja leve. Não leve nada a sério. Nem ninguém. Beba com moderação. E pode confiar nos sacolés: nunca matou ninguém. Procure músicos a pé.

Apaixone-se demais, desde que não dure muito tempo. Se você vir a pessoa com outra pessoa, é de bom tom traçar uma linha reta na direção oposta e não perguntar nada até quarta-feira (melhor mesmo é não perguntar nada). Importante: saiba voltar pra casa. Nada de mágico acontece depois das oito da noite. Pense que amanhã tem mais. E daqui a pouco já tem festa junina.”

Ver no Instagram ⇒

 
0 Compartilhamentos
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading ... Loading ...

Nenhum Comentário

Deixe seu comentário